sábado, 6 de maio de 2006

Camelo Orelhas quer Sporting na Champions League

Foi inesperado mas directo ao assunto. Enquanto se preparava para mais uma visita aos Estados Unidos, com o saci “Eunãosábio nada”, à conta das acções fantasma da galinheira da luz e do tintol rasca limitada, o capuchinho Orelhas demonstrou que deseja que o Sporting vá à Champions League.

Capuchinho Orelhas procurou ajudar o Sporting ao incentivar directamente o Paços de Ferreira ao afirmar que se um jogador VULGAR como o Liedson consegue juntar batatas sem fim ao frango de cabidela, os jogadores do paços conseguirão fazer loucuras gastronómico-futebolísticas usando o pato com laranja Luisão e o frango Moretto como habituais cobaias. Capuchinho Orelhas espera assim que os jogadoresde Paços de Ferreira não se deixem VULGARIZAR e sem empenhem em VULGARIZAR a VULGAR derrota do clube piu piu.

Depois, off de record, Orelhas disse que seria simpático se no final do jogo alguém oferecesse um poleiro novo ao papagaio veiga porque a popinha deste já não esconde a caca seca que se torna difícil de limpar mesmo para peritos da limpeza como o faxineiro Marco Ferreira ou para o pau para toda a obra, o Saci 18 milhões.

4 a fritar:

Blogger robinho fritou...

adoro-t pá!!!!

sábado, maio 06, 2006 9:08:00 da tarde  
Blogger pumba no piu piu fritou...

Obrigado!!!

domingo, maio 07, 2006 5:55:00 da tarde  
Anonymous Tripeiro fritou...

Efectivamente não havia nexexidade de gozar com os passarinhos antes de serem papados em Paços de Ferreira.
Pumba no piu piu; se fosse facil assim acertar no euromilhões como no desempenho dos passarinhos,ficavas rico dentro de pouco tempo.
Um abraço e da-lhes na cabeça

domingo, maio 07, 2006 11:20:00 da tarde  
Blogger lagarto fritou...

um gajo k diz akilo do Liedson ou anda na "budeira" ou não sabe o k é bom.Se o Liedson é tão vulgar então a defesa do recreativo da luz é o kê pa se deixar papar continuamente pelo "vulgarzinho"?isto realmente...

segunda-feira, maio 08, 2006 2:40:00 da tarde  
4 comments

Enviar um comentário

<< Home